Sabonete de Sissi

O sabonete da Sissi faz milagres!!!

 

A minha mãe faleceu, no dia 30 de Setembro de 2013 e despediu-se de todos nós, no dia Internacional da Música (1 Outubro), ou não fosse ela Cecília, a padroeira da música!

Todos se admiravam das cores rosáceas do seu rosto e da falta de rugas, na sua face de oitenta e seis anos.

As amigas compravam os produtos normais para a conservação e revitalização da pele, todos aqueles cremes “caríssimos” e quando viam a minha mãe, não resistiam:

– Sissi! Qual o seu segredo?

A minha mãe limitava-se a responder:

– Há mais de cinquenta anos que uso o sabonete de glicerina (aquele oval em diversas cores, que custa 0,90€), talvez seja por isso!

– Mas como faz Sissi ?

– Faço espuma nas mãos, coloco na cara – como se de uma máscara de tratasse, vou dar uma volta até ao quintal, ver as minhas flores, depois, passados uns minutos, basta enxaguar a cara e pronto!

… A Sissi tem sempre coisas para nos ensinar…

Não resisto a transcrever parte de uma das suas cartas:

Espero que a tua vida seja uma Primavera, mas nas nossas vidas passam todas as estações do ano. Alguns vão tão depressa que nem sabem olhar… Lá diz o ditado: “Coitados dos pobres de espírito que não querem ganhar o Céu”.

Temos que estar com os pés bem assentes na terra, para dizer sim a todos os momentos da nossa vida. Nunca percas a tua fé no amanhã, dias bons virão. De bom e de mau, todos temos um pouco. Peço todos os dias ao bom Deus que tenhas paz e saúde da boa. Não te esqueças quando eu partir, olha aquela estrela mais bonita e pensa em mim, um dia chegará a minha vez, é a lei da vida meu querido. Adeus, desculpa estas lérias da tua mãe que muito te quer.

 

Beijinhos da Sissi